Carregando...
Uncategorized

A terceirização no setor da saúde

Os terceirizados também devem considerar a probabilidade de enfrentar problemas
de qualidade. A má qualidade geralmente resulta de mal – entendidos em torno do
escopo do trabalho que está sendo prestado e dos custos totais desses serviços . As
organizações de saúde não devem subestimar a quantidade de tempo e esforço
necessários para desenvolver uma parceria de terceirização de sucesso:
especialmente no início. Provedores e fornecedores devem definir explicitamente o
escopo do trabalho, os padrões e objetivos pelos quais ele será medido e o custo
total de cada cenário possível acordado. Ao definir explicitamente os serviços a
serem prestados e os níveis de desempenho, ambas as partes podem tornar os
SLAs a base de seu contrato, reduzindo a possibilidade de falha de comunicação.
As organizações devem garantir que os fornecedores possam ser responsabilizados
por seu desempenho e que o trabalho não possa se expandir além de um escopo
predefinido. As questões relacionadas à qualidade também podem ser evitadas
trabalhando apenas com fornecedores com ampla experiência no setor e garantindo
que os fornecedores sigam as melhores práticas do setor, como os padrões ITIL e
PMI.
Problemas de controle também podem prejudicar um relacionamento de
terceirização. Os terceirizados podem experimentar interrupções de serviço.

Como comprar o plano de saude medsenior bh